Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

605 Forte

O meu Mundo frase a frase. Ironia e sarcasmo usados sem aviso prévio.

Direito De Resposta

por F., em 13.03.18

A premissa era simples: não era possível haver um clima de união em momento de tragédia no futebol português como aconteceu recentemente em Itália. Sabemos, no entanto, que uma tragédia nunca vem só e como funcionam as redes sociais - uma brisa é um tornado e uma lareira é um incêndio.

 

 

A estratégia para desmontar este ponto de vista começou por se fazer com bastante elevação com a frase "quem se deita com miúdos acorda mijado". Fugindo à tentação de sugerir uma ida ao médico para ver da próstata, tentei recentrar a questão naquilo que eu estava a dizer e não na idade que eu tinha. Infelizmente, não foi possível. A resposta começou com um "o teu clube", o que, em certa medida, acabava por provar o meu ponto inicial. Por vezes, o ódio é tanto que as pessoas não enxergam coisas que são óbvias e pacíficas. O ódio ou a idade.

 

Deve ser aborrecido ter como base de toda a argumentação a idade da pessoa com o ponto de vista oposto numa clara tentativa de a descredibilizar por ser pouco vivida e terminar contradizendo-se com os seus - talvez não seja a palavra mais correcta - argumentos. Leva-me a perguntar que uso deu aos anos de vida adicionais que já teve e a desejar que ande por cá muitos mais anos, pois, se isso que popularmente ficou cunhado como "escola da vida" efectivamente existe, estamos perante um repetente. 

 

 

Quanto a mim, cá continuarei a respeitar os cabelos brancos e as rugas dos demais da forma mais justa que o posso fazer: em igualdade de circunstâncias com os jovens e não aceitando que a idade é um posto. A experiência poderá sempre fazer a diferença. A idade nunca.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.